domingo, 5 de dezembro de 2010

Os estofos


Espero não me arrepender nesta minha teimosia em fazer tudo cá em casa...

Mas como sou um bocadinho obstinado comprei as forras dos estofos e decidi estofar eu o carro.

A preparação das armações não tem qualquer segredo.

Endireitar, limpar, eventualmente soldar e por fim pintar.

As corchetes do 2CV são um bocadinho fracas e já percebi pelo carro do meu compadre que com o tempo acabamos sentados num buraco.

Quando iniciei a tarefa verifiquei que o banco do condutor já estava remendado com cordas de nailon. Até não era uma má solução... mas neste caso o objectivo é reparar e não remendar.
Assim descolada a espuma foi necessário verificar a sua integridade. Neste caso não estava em mau estado mas se necessário bastava comprar uma placa e com cola tudo aplicar.
A fraqueza das corchetes pode ser reforçada com molas das que se vendem nas normais casas de ferragens e que habitualmente vemos nos sofás.
Foi-me sugerido colocar apenas três nos assentos porem com quatro ficam mais equilibradas.
Podem ser perfeitamente colocadas sem desmontar o banco.
Para facilitar comprei cola de contacto em spray, esta inclusive tem a particularidade de se puder descolar como se fosse um autocolante.
A colocação da forra tem dois simples truques para correr bem.
Primeiro, deixa-la dentro do carro com o carro ao sol cerca de 30 minutos.
Segundo vira-la do avesso e começar a vesti-la ao contrario, virando-a do lado direito conforme se vestem as costas do banco.
O resultado é bom mas saturante principalmente para quem passou o fim de semana todo de volta do carro como eu...

Sem comentários:

Enviar um comentário